quinta-feira, 1 de abril de 2010

Cristo vem...

Há dois mil anos todos esperavam o Messias, sabiam que viria e esperavam vê-lo chegar rodeado de riquezas e dos seus exércitos, esperavam um rei.
Ele chegou, nasceu entre o povo, filho de um carpinteiro. Muitos não reconheceram, outros não o aceitaram, outros só acreditaram quando o mataram.
Cristo disse que voltava. Quando será o seu regresso? Qual será a sua aparência?
Será que tal como o povo de há dois mil anos nós temos a alma cega?
Será que andamos á procura da “pessoa” errada?
Procuremos nesta Páscoa ver Cristo no rosto de cada um daqueles que cruza no nosso caminho.
Procuremos dar a cada um a atenção e o carinho que estamos guardando para “aquela ocasião” especial.
Páscoa é passagem, é mudança. Vamos começar por nós, cá dentro, e por quem está á nossa volta.
Que nesta Páscoa cada um de nós seja a diferença, seja mais um passo rumo a um mundo melhor, ao Homem Novo…

Boa Páscoa, um abraço…

Pedro Bernardo

1 comentário:

Marilia R. A. de Medeiros disse...

Sinto nas tuas palavras, pouco rebuscadas que trata-se de alguém que tem a certeza que a vida e muito efêmera e que deve ser vivida cada segundo intensamente. Mesmo o mais leigo dos leitores poderão ter o alcance,sentir grandeza que existe em tuas palavras pois percebe-se que tens a sensibilidade a flor da pele e que tudo vem do fundo de tua alma.
Boa sorte!!!