quarta-feira, 9 de junho de 2010

Amiga...

De repente uma luz se apaga,
Num instante as pétalas de uma linda rosa caiem,
Uma voz doce se cala,
Uma companhia vira ausência…

Um sorriso,
Um rosto iluminado,
Uma voz doce,
Uma palavra amiga…

Num instante,
Tu és recordação...

Pedro Bernardo
09 Junho 2010

2 comentários:

crys disse...

Muito sensível!

claudiacrisostomo disse...

è muito forte este sentimento...