quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Um sorriso...

Um sorriso, quanto poder num só sorriso…
Quando há muito tempo li pela primeira vez a frase “ O coração é teu pode chorar, O rosto é dos outros deve sorrir”, não lhe dei grande importância, e foi numa altura em que a vontade que tinha era mesmo de chorar…
Mas esta pequena frase ficou cá dentro gravada, e de tempos a tempos vem á minha memória.
Se tenho um sorriso no rosto, quem me olha devolve-me um sorriso, se tenho um ar triste, o rosto de quem se cruza comigo fica sério e triste. Ao longo do tempo fui decidindo que queria sorrisos á minha volta, por isso esforcei-me para manter um sorriso no rosto, e o resultado foi que á minha volta começaram a aparecer sorrisos, e hoje já não preciso de me esforçar, o sorriso é espontâneo, e á minha volta as pessoas estão mais alegres, ou pelo menos esforçam-se por manter um rosto sorridente.
E tu, já algum dia experimentas-te?
Um sorriso pode ser a diferença.
Experimenta e pode ser que o mundo á tua volta fique mais colorido, que as coisas tenham outro sentido, pode até ser que tu te sintas mais feliz. E isso fará de mim uma pessoa feliz…

Pedro Bernardo
02 Setembro 2010

1 comentário:

Elisabete Rabello Machado Brandão disse...

Sorriso é tudo de bom! Sempre sorrindo, mesmo com o coração em frangalhos... Um sorriso dissipa a dor e a manda para os confins do mundo!